sábado, 24 de setembro de 2016

SEMINARISTAS CELEBRAM OS ANIVERSARIANTES DO MÊS DE SETEMBRO


           Na última sexta-feira, dia 23 de setembro de 2016, os seminaristas do Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição celebraram fraternalmente os aniversariantes do mês. Nesse mês celebra nova idade os seminaristas: José Carlos, José Fernandes, Aécio Cruz, Danilo, Fabrício Lopes, Antônio, Adenilson, Ediel, Alex.


Na ocasião, o seminarista Thiago Barbosa dirigiu algumas palavras àqueles que estão de idade nova, onde falava do dom da vida e da importância daquele momento na vida dos aniversariantes e da nossa comunidade.

QUE NOSSO SENHOR CONTINUE ABENÇOANDO A VIDA DOS NOSSOS SEMINARISTAS.

Confira algumas fotos:





sexta-feira, 23 de setembro de 2016

SEMINÁRIO RECEBE PARTE DO ACERVO PESSOAL DE DOM LUCIANO JOSÉ CABRAL DUARTE, ARCEBISPO EMÉRITO.

O Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição, recebeu com uma dádiva no dia 23 de setembro de 2016, parte do acervo da biblioteca particular do arcebispo emérito da Arquidiocese de Aracaju, Dom Luciano José Cabral Duarte. Esses livros se encontravam no Instituto Dom Luciano Duarte, foram doadas diversas obras de: filosofia, teologia, psicologia, entre outras aéreas do saber.
Quem foi Dom Luciano? “Com o falecimento de Dom José Vicente Távora, em 1970, Dom Luciano José Cabral Duarte, que já exercia as funções de Bispo Auxiliar, foi nomeado pelo Papa Paulo VI, o 2º Arcebispo Metropolitano de Aracaju. Ainda como Bispo Auxiliar de Aracaju, na condição de Diretor da Faculdade Católica de Filosofia de Sergipe, como membro do Conselho Estadual de Educação de Sergipe, especificamente como Presidente da Câmara de Ensino Médio e Superior, e, posteriormente, como membro atuante do Conselho Federal de Educação, notabilizou-se pela maneira como se empenhou pela criação da Universidade Federal de Sergipe. Sua presença atuante foi deveras marcante para o advento da Universidade, inclusive incorporando-lhe a Faculdade Católica de Filosofia, a Faculdade de Serviço Social e o Colégio de Aplicação, este último por ele mesmo fundado. Como Arcebispo realizou diversas atividades, a saber: Incrementou o cultivo das vocações sacerdotais; Fundou o Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição em consonância com os outros bispos da província; Criou várias paróquias na Capital e no interior; Ordenou vários sacerdotes; Lutou pelos direitos da empregadas domésticas em Sergipe e no Brasil; Fundou um centro para recuperação de mulheres marginalizadas; Fundou o museu de arte sacra, entre outras atividades.”
O Seminário Maior, externa sua gratidão a senhora Carmen Duarte (irmã de Dom Luciano), por ofertar parte desse precioso e histórico acervo de uma figura singular na história da Igreja e do Estado de Sergipe. O nosso seminário conta com uma vasta biblioteca, porém, essas obras estarão em uma sala reservada, para uma maior preservação.

Fonte: Livro Presença Participativa da Igreja Católica nos 150 anos de Aracaju – Monsenhor José Carvalho.

Confira mais fotos:





VISITA CANÔNICA E POSSE DO NOVO ECÔNOMO

O Arcebispo Metropolitano de Aracaju, Dom José Palmeira Lessa, realizou entre os dias 19 a 22 de Outubro a visita canônica ao Seminário Maior Nossa Senhora da Conceição. Esta visita acontece anualmente e consiste num momento em que o Arcebispo passa alguns dias no Seminário para estar mais próximo dos seminaristas, rezando e partilhando a fé com eles. É o momento também pelo qual o Arcebispo utiliza para pastorear como está o andamento das atividades na casa de formação. 
 Na oportunidade, rezou a missa da quinta-feira da XXV semana do Tempo Comum, na qual deu posse ao Padre Arnaldo Oliveira Santos como novo ecônomo do Seminário Maior. Abaixo algumas fotos da Santa Missa: 















segunda-feira, 19 de setembro de 2016

PEREGRINAÇÃO VOCACIONAL AO SANTUÁRIO DE DIVINA PASTORA


Nesse último domingo dia 18 de setembro de 2016, inspirados pelo Ano Santo da Misericórdia, vocacionados e vocacionadas à vida religiosa e sacerdotal da Província Eclesiástica de Aracaju (Arquidiocese de Aracaju, Diocese de Própria, Diocese de Estância), participaram de uma Caminhada Vocacional ao Santuário de Nossa Senhora Divina Pastora, declarado como Santuário da Misericórdia nesse Ano Santo, o qual fica localizado na cidade de Divina Pastora-SE. Além desses, se fizeram presente: jovens e fiéis da cidade de Pirambú-SE (Diocese de Propriá), Cedro de São João-SE (Diocese de Propriá) e o Movimento Serra Clube.


Essa caminhada à Porta Santa foi uma resposta ao apelo do Papa Francisco, nesse Ano Santo: “A peregrinação é um sinal peculiar no Ano Santo, enquanto ícone do caminho que cada pessoa realiza na sua existência. A vida é uma peregrinação e o ser humano é viator, um peregrino que percorre uma estrada até à meta anelada. Também para chegar à Porta Santa, tanto em Roma como em cada um dos outros lugares, cada pessoa deverá fazer, segundo as próprias forças, uma peregrinação. Esta será sinal de que a própria misericórdia é uma meta a alcançar que exige empenho e sacrifício. Por isso, a peregrinação há de servir de estímulo à conversão: ao atravessar a Porta Santa, deixar-nos-emos abraçar pela misericórdia de Deus e comprometer-nos-emos a ser misericordiosos com os outros como o Pai o é conosco.” (Misericordiae Vultus).
Deu-se início a peregrinação na cidade de Riachuelo-SE, como um momento oracional. Durante a caminhada todos entoavam louvores, além da oração e meditação do santo terço e da via-sacra. Ao chegar no Santuário todos passaram pela Porta Santa, e posteriormente, participaram da Santa Missa presidida pelo Arcebispo Metropolitano Dom José Palmeira Lessa e concelebrada por alguns sacerdotes, dentre eles: Pe. Jânison (Reitor do Seminário Maior), Pe. Alan (Reitor do Seminário Menor de Aracaju), Pe. Fagner (Reitor do Seminário Menor de Estância), entre outros sacerdotes. Na homilia, o arcebispo ressaltou a importância desse momento na vida vocacional e da nossa realidade enquanto peregrinos à pátria celeste.
Encerrou-se esse momento com os agradecimentos da parte do Reitor do Seminário Menor (Pe. Alan) e do Reitor do Santuário de Divina Pastora (Pe. Helelon) por esse momento de graça e pela participação de todos.
Confira abaixo algumas fotos da peregrinação: 









VI SHOW PROFETAS QUE CANTAM



Aconteceu no último sábado, dia 17 de Setembro, a 6ª edição do show PROFETAS QUE CANTAM. 
Este evento é realizado anualmente pelo nosso seminário cujo objetivo é proporcionar aos fiéis momentos de oração, louvor e evangelização. Este evento também é um momento em que o povo de Deus visita nosso seminário e contribuem para a manutenção de nossa casa de formação.

A programação contou com a Santa Missa e logo em seguida deu-se início às apresentações musicais com as seguintes atrações: CORAL DO SEMINÁRIO MAIOR, PADRE BOSCO, PADRE FERNANDO ÁVILA, PADRE GENIVALDO DOS SANTOS, PADRE EUGÊNIO, PADRE PEIXOTO, PADRE FABIANO, PADRE GENIVALDO GARCIA, PADRE ADEILSON CARLOS. 

O nosso evento foi um sucesso. Confira abaixo algumas fotos: 











sábado, 17 de setembro de 2016

ARQUIDIOCESE DE ARACAJU REALIZA IV SEMINÁRIO FÉ E POLÍTICA

IV SEMINÁRIO DE FÉ E POLÍTICA - CONAL/ARACAJU



Nessa sexta-feira dia 16 de setembro de 2016, realizou-se no auditório do Tribunal de Contas do Estado a abertura do IV Seminário de Fé e Política Dom Hélder Câmara, como o tema: “Resgatar a dignidade na política”. O evento é realizado pela Arquidiocese de Aracaju e o CONAL (Conselho Nacional do Laicato) em parceria com outros departamentos e contou com a presença de fiéis, padres e seminaristas, além de lideranças.

Baseando-se na Doutrina Social da Igreja e alguns discursos do papa Francisco, a temática tem por finalidade refletir os cenários político, econômico, jurídico e Cultural do nosso país e estado. Sabe-se que a Igreja ao anunciar o Evangelho também se preocupa com o bem comum, orientação e formação de consciência. Como afirma o papa Francisco: “Envolver-se na política é uma obrigação para um cristão. Nós, cristãos, não podemos fazer de Pilatos, lavar as mãos. Não podemos! Temos de nos meter na política porque a política é uma das formas mais altas de caridade. Porque procura o bem comum. Os cristãos leigos devem trabalhar na política”.



A programação contou, incialmente, com um momento de mística. Posteriormente, cantou-se o hino nacional e Dom João deu uma palavra inicial de abertura do evento, seguido das palestras: Análise Socioeconômica e Política em Sergipe com o professor José Lima (UFS); O pensamento da Igreja sobre a política e participação dos Cristãos com o Pe. Christiano Silvestre, tendo debates.









O ponto cume do evento foi a palestra proferida por Dom Joaquim Mol (Reitor da PUC-MG) com o tema: “Análise da Conjuntura Nacional”, onde ele ressaltou que “O atual momento vivido pelo Brasil exige a coragem e a ousadia para desenvolver a comunhão, não obstante as diferenças. Ultrapassar a superfície conflitual para alcançar a unidade exige um ato de generosidade, implica projetar o contraste das polaridades sobre o plano das potencialidades que nos unem e da alegria de se viver juntos. Isso é praticar misericórdia em tempos de ira.”


Encerrou-se as reflexões fazendo um panorama do que fora discutido no seminário e das contribuições para conscientização dos cristãos frente a sociedade resgatando a dimensão da responsabilidade de todos para a mudança do cenário nacional, principalmente, nesse ano eleitoral.

Confira abaixo mais fotos deste evento: